sexta-feira, 18 de julho de 2008

Palavra sentida

Engraçado como as coisas são.
Passeando pelo blog do filme "Nome Próprio", li essa frase.
E de tão simples, poética e verdadeira, me fez achá-la genial!
Tanto que coloquei na minha página do orkut, e agora a reproduzo aqui, neste humilde espaço de liberdade:
"A arte não reproduz o que vemos. Ela nos faz ver."
(Paul Klee)
O poder da palavra.
E ainda saber que há palavras suficientes para todos nós... que alegria viver.
.
.
.
Bebel Clark

3 comentários:

Vulgo Dudu disse...

Nossa, isso define exatamente toda a produção artística do Klee! Enxergo isso até como uma defesa a sua obra. Muito bacana!

Mais ou menos o mesmo que Picasso disse quando perguntaram por que ele retratava Dora Maar daquele jeito, toda "torta". Ele respondeu que aquela era a maneira como ele a via. E aí, vai dizer o que sobre isso, né? hahahahahah! É a palavra dele...

Bjs!

Felipe disse...

Você devia escrever mais!!

filipe disse...

concordo com o xará aí de cima.