quinta-feira, 17 de novembro de 2011

O que eu desejo pra você


Monguinho,

O que eu desejo pra você neste dia especial não tem nome... Vai além de toda capacidade literária ou de expressão que eu possuo. O que eu vislumbro pra você, do fundo do coração, é que você seja cada dia mais como você mesmo, lá no fundo. Que essa essência maravilhosa floresça mais e mais, sem medo nem ressalva de errar e sentir. Você nasceu pra fazer o bem, é uma força absoluta da natureza, verdadeiro presente pra Terra, amigo incondicional.

Feliz o dia em que eu falei com você pelo Twitter, e em que eu, mesmo sem entender naquele momento, consegui reconhecer quase que instintivamente a sua capacidade de fazer alguém feliz, de amar, acarinhar, proteger e despertar os melhores sentimentos. Que sorte a minha!

FELIZ ANIVERSÁRIO, Hare! 30 anos de muita vida e muita celebração... que venham mais 70 (no mínimo)!

Que sua vida seja repleta de abundância, amor, paz, saúde, felicidade, harmonia, coragem, fé, consciência, paixão, leveza, profundidade, natureza, música, comida boa, contemplação, festa, abraço sincero, olhar penetrante, sorriso e risada de criança, carinho de arrepiar, cochilos na rede, barulho de chuva, cheiro do mar, brisa fresca, passarinho cantando, amizade verdadeira, família unida, respeito, sinceridade, colo de proteção e fofura. Porque você merece cada momento iluminado, cada plenitude, cada manifestação da presença de Deus.

O que me falta em palavras, me sobra em AMOR! Por isso, termino essa pequena lembrança com um texto que você já sabe que eu amo, da nossa adorada poeta Ana Jácomo:

"Desejo que encontre maneiras para ser feliz no intervalo entre o instante em que cada dia acorda e o instante em que ele se deita pra dormir, porque a verdade é que a gente não sabe se tem outro dia. Que quanto mais passar a sua alma a limpo, mais descubra, mais desnude, mais partilhe, com medo cada vez menor, a beleza que desde sempre você é. Que se sinta livre e louco o bastante pra deixar a sua essência florir.

Não importa quanto tempo passe, não importa onde eu esteja, não importa onde esteja você, abra os olhos pra dentro e ouça: o meu coração estará dizendo esta mesma prece de amor para o seu. Amor incondicional, exatamente como neste instante. Não importa o quanto a gente mude, o quanto a distância aparente nos afastar, isto que sinto por você, eu sei, não muda nunca mais."


FELIZ DIA! FELIZ VOCÊ! FELIZ O SEU CAMINHO, MONGUINHO!!!!
VIVA!!!!!!!!!

Um comentário:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Parabéns pelo blog.
Cumprimentos cinéfilos!

O Falcão Maltês