quinta-feira, 26 de março de 2009

Mãeternidade


Do seu abraço
A paz que falta
Do seu sorriso
O amor de volta
De tantas emoções
A maior é te ter como mãe
Mãeternidade
.
.
.
Bebel Clark

2 comentários:

Joao Vicente disse...

opa!

ja havia conferido o seu ha tempos. agora o acompanharei em tempo real.

beijos

Maria Cecília disse...

Mãe/eternidade é lindo! mas a barriga dela é muito fofa, mole, dá aflição. Grávida de vc , minha barriga parecia um tambor, todo esticado, a saúde é tudo! e a boa alimentação além de previnir evita flácidez. Atividade física, mental e espiritual. Amar ao PAI Grande, em primeiro lugar, depois amar toda a criação Dele, eis o segredo!Bj